top of page

A classificação como torcedores e as suas formas de conexão com o esporte.

O título final do artigo, que não coube no título deste post, (por limite de caracteres) foi: "A classificação como torcedores e as suas formas de conexão com o esporte, em jogos da seleção brasileira de rugby".


Acredito que seja muito importante citar, logo no começo deste post, que um dos pontos interessantes deste artigo é que ele foi produzido durante a participação dos seus autores, em duas disciplinas do curso de Mestrado, como um trabalho de conclusão de uma dessas disciplinas, porém, os conteúdos das disciplinas se conversaram e permitiram essa cosntrução que acabacou em um trabalho final satisfatório, com orientaçaõ da professora Dra. Bernadete Marinho e do professor Dr. Ary Rocco.


Nesse sentido, é importante ressaltar que todo o trabalho passou, desde a concepção da ideia de se pesquisar sobre os consumidores do esporte (uma das disciplinas do curso - 'Comportamento do consumidor no esporte'), como pela construção do seu instrumento de pesquisa, bem como pela aplicação deste instrumento (questionário) in loco, (nos jogos da seleção brasileira de rugby) até, obviamente, a produção dos seus textos e formatação final para a publicação na Revista Brasileira de Educação Física e Esporte da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo.


A pesquisa teve como o objetivo classificar os Torcedores/Consumidores (TCs) que assistiram aos jogos da seleção brasileira de rugby e identificar qual é o ponto de conexão que liga esses TCs ao esporte. Para isso, utilizou-se, respectivamente, a “Escada de Envolvimento do Torcedor” (EET) e os “conectores” que ligam o torcedor ao esporte (Rein I, Kotler P, Shields B., 2008).


Outro ponto muito interessante é que o instrumento da pesquisa foi construído por meio de uma matriz de amarração entre a EET (fanáticos, conhecedores, agregados, colecionadores, gastadores, curiosos e indiferentes) e os conectores (astro, local, moeda social, família, experiência indireta, incerteza, utopia) que ligam o torcedor ao esporte, concebido assim, exclusivamente e, de forma inédita, aplicada na modalidade de rugby no Brasil.


Como um dos resultados, verificou-se que a maioria dos TCs foram classificados como “indiferentes” com grande ligação pelo conector “utopia”, alusivo aos valores da modalidade.


Para entender um pouco mais sobre como se chegou a classificação e as formas de conexão com esporte desses torcedores, bem como verificar compreender como foi desenvolvida a pesquisa de forma geral, além de descobrir outros resultados da pesquisa, faça o download do artigo, e leia-o na íntegra.


ARTIGO_172706_A classificacao como torcedores e as suas formas de conexao com o esporte_VE
.
Fazer download de • 332KB

Espero que goste e divirta-se com a leitura.


Muito obrigado e um abraço!

28 visualizações0 comentário

Comments


  • Perfil Facebook | T4V Brasil
  • Perfil Instagram | T4V Brasil
bottom of page